O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) segue com as inscrições para o Processo Seletivo 2014.

Estão sendo ofertados 18 cursos superiores, 19 cursos técnicos na modalidade integrada e 19 cursos técnicos na modalidade subsequente, com um total de 6450 vagas.

As inscrições devem ser feitas até 13 de outubro, através do site da instituição.

As vagas são distribuídas por 20 cidades da Bahia: Barreiras, Brumado, Camaçari, Euclides da Cunha, Eunápolis, Feira de Santana, Ilhéus, Irecê, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Porto Seguro, Salinas da Margarida, Salvador, Santo Amaro, Seabra, Simões Filho, Valença e Vitória da Conquista.

Neste Processo Seletivo 2014, há dois cursos superiores novos: engenharia civil, nos campi Eunápolis e Vitória da Conquista, e tecnologia em eventos, no campus Salvador. São 40 vagas para cada novo curso.

O valor da inscrição é de R$ 55 para os cursos superiores e R$ 30 para os cursos técnicos, que deve ser pago até 14 de outubro através de boleto bancário.

Os candidatos que cursaram todo o ensino fundamental e/ou médio em escola pública podem solicitar isenção parcial da taxa de inscrição, no período de 20 de agosto a 30 de setembro, reduzindo o valor em 90%, para R$ 5,50 e R$ 3,00, respectivamente. Também é possível solicitar isenção total, de acordo com os critérios estabelecidos no edital, para os cursos superiores.

A prova será no dia 15 de dezembro de 2013, das 8h às 12h30. Os candidatos devem ter conhecimento sobre o local de prova no período de 3 de novembro a 15 de dezembro de 2013, no próprio site do Processo Seletivo 2014 ou nos campi do IFBA.

As provas para os cursos técnicos, modalidade integrada, possuem questões de língua portuguesa, matemática, história e geografia. Já para os cursos técnicos, modalidade subsequente, e superiores, as questões das provas são de língua portuguesa, língua estrangeira (inglês/espanhol), matemática, história, geografia, física, química e biologia.

Reserva de vagas
No Processo Seletivo do IFBA, 50% das vagas são destinadas aos candidatos que estudaram na rede pública: todo o ensino fundamental (modalidade integrada) ou todo o ensino médio (modalidade subsequente ou cursos superiores).

Dessas vagas, a metade está reservada para aqueles que comprovarem renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio; a outra parte vai para os demais casos. Dentro dessa porcentagem, a divisão por etnias será feita na proporção de 77% para pretos, pardos e indígenas e 23% para as outras (conforme porcentual indicado no último censo do IBGE).